AMERICAN BEAUTY PRODUCTS

3.7.17


De volta ao mundo de beauté, onde o foco de hoje está nos produtos de beleza nascidos e criados nos Estados Unidos e que não passam despercebidos a quem esbarra com eles num post nas redes sociais. 
Não é por serem americanos que os torna apetecíveis, mas pelo preço/qualidade que prometem em maioria das reviews dos seus compradores e do hype gerado nas redes à volta dos mesmos.
Falo-vos da Colour Pop e da Glossier. Duas marcas bastante diferentes mas com alguns pontos chave em comum.



A Colour Pop, criada em 2014, é conhecida por ser a marca por detrás da marca Kylie, da Kylie Jenner (desculpem mas não conheço uma melhor maneira de explicar isto sem se tornar confuso). Todos os produtos têm as mesmas bases, algumas até têm as mesmas cores, que os produtos produzidos para a Kylie mas os da Colour Pop têm uma vantagem: são bem mais baratos. E não esgotam em 10 minutos! 
O objectivo da marca é realmente ser acessível tendo as últimas tendências disponíveis, quer no que diz respeito a cores, quer em termos de fórmulas dos produtos. O que a torna numa marca "win win" para nós compradores.

Foi a primeira encomenda que fiz e aproveitei a oferta de portes de envio. Para que não ficasse preso na alfândega, apenas comprei um batom e um blush, com umas cores mais arrojadas que o que normalmente compro: o batom Botted Lip na cor Deja Vu e o blush Super Shock Blush na cor Cruel Intentions. Têm sido as minhas escolhas para as saídas à noite, deixando-me surpreendida ao ver que a durabilidade dos produtos é muito boa, quer do batom, quer do blush.


Já a Glossier, também criada em 2014, nasce das mãos de Emily Weiss, do blog Into The Gloss, onde existem duas premissas. 
A primeira é o branding. Weiss defende que o Marketing de um produto e a sua imagem são tão importantes quanto a qualidade dos produtos. E para mim, como Designer de Comunicação, aqui está o ganho. O minimal packaging é o que torna apetecível a compra dos produtos. 
A segunda é o chamado Marketing de boca em boca. Hoje em dia, a partilha dos hábitos de beleza nas redes sociais é uma constante e é assim que provém a publicidade aos produtos. E a verdade é que não há produto da Glossier que não seja Instagram material.



Também este foi o meu primeiro contacto com a marca. Aproveitei que a minha cunhada estava de férias nos EUA e encomendei de Portugal para entregarem na morada onde estava hospedada. Em menos de 5 dias já tinha sido entregue. 
Depois de tanta indecisão de quais produtos queria mandar vir para uma primeira experiência, acabei por encomendar o Haloscope e o Boy Brow (ia também encomendar o lipbalm Dotcom mas estava esgotado na altura).
Confesso que ao abrir os produtos, principalmente o Haloscope, pensava que seriam maiores, mas depois de começar a utilizá-los, não me chateia nada que sejam pequenos, pois são mais práticos para andar connosco na carteira. 
Gostei muito da qualidade de ambos, sendo que o Haloscope (encomendei na cor Quartz, que funciona muito bem na minha pele) não consigo dizer que é o melhor iluminador que já experimentei, por existem outros equiparados, mas deixa aquele brilho e hidratação que parece que vem mesmo de dentro. Já o Boy Brow (encomendei na cor Clear, pois tinha receio de não acertar na cor) é realmente o produto nº1 da marca. Deixa as sobrancelhas incríveis e espessas. Big like mesmo!!
Se quiserem encomendar algum produto, podem utilizar este linhttp://bff.glossier.com/fK_Fo para usufruírem de 20% de desconto.




Infelizmente são produtos que ou os portes ficam caros, ou não enviam para a Europa (como é o caso da Glossier, para não perder qualidade). Porém, existe uma forma de envio através dos CTT –a Express2ME – que já nos permite encomendar os produtos americanos a preços bem mais em conta. Fica aqui a dica.


You Might Also Like

0 comentários

Subscribe