Estamos naquela altura do ano em que dizemos “não tenho nada para vestir!” ou até “mas o que raio vou vestir com este tempo?!” quase que como quem desespera (às vezes por aqui até isso acontece…). Por isso aproveito nesta altura do ano por continuar a usar as tendências e as peças que usava no Verão em conjunto com as da nova Estação.
Neste caso as camisas em pele que vemos por todo o lado. São sem dúvida uma das grandes tendências deste Outono/Inverno. Adoro-a! E se não sabem como a vestir, basta verem o Instagram da Andreia Calisto que ela veste-as com uma pinta desgraçada. Só tenho uma dúvida em relação a esta tendência: como o material é igual aos dos casaco de pele das fast fashions, daqui a dois anos está a desfazer-se… valerá o investimento? Bem, eu por aqui acho que vou antes procurar numa loja vintage uma de pele verdadeira, pois assim não estou também a comprar mais uma peça para depois ir para o lixo. O que acham? Digam-me como se têm colocado nesta altura em relação ao consumismo consciente pois também eu ando a tentar procurar onde me colocar.





Gel de limpeza Purificante Vinopure da Caudalíe

Da linha que mais gosto da marca, ela acaba de lançar um gel de limpeza de pele perfeito para quem como eu tem pele mista ou com tendência a oleosa. Ela promete equilibrar o sebo e a tornar a nossa pele mais bonita e pronta a receber os próximos passos de rotina de beleza.

Davines curl primer

Este a culpa é totalmente da Mafalda Nunes, do blog Never Stop Dreaming. Desde que o meu cabeleireiro, o João Pereira do Hair Studio, me fez ondas que as quero fazer para não andar sempre com o cabelo esticado, mas nada aguenta no meu cabelo. A Mafalda promete que este é o produto que procuro e por isso vou experimentar. Em breve digo-vos se resulta ou não ;)

Vichy 89

O sérum da Vichy com ácido hialoronico mais conhecido como “à aguinha milagrosa” segundo a Vic Ceridono. Ela já vai pelo menos no 3° frasco e jura que não é publicidade. Eu fiquei curiosa e pelo preço que encontrei, acho que vou experimentar assim que acabar o meu da Ordinary. É que un pessoa já não vai para nova, não é? Ahah

Laneige Lips e o Water Sleep Mask

A marca Laneige mal apareceu na Sephora me despertou um certo interesse. Não só pelo seu design simples, mas também por ter experimentado as suas texturas. Dou-vos a minha palavra de que são inacreditáveis. São sem dúvida produtos a experimentar.

Milk

A Milk chegou finalmente a Portugal! Uma marca americana, com produtos em stick, com fórmulas novas e inovadoras. Vou começar por experimentar o Lip & Chick, pois vi a Alex Steiner usar e fica incrível.


Isdin fluído fusion water fps50+

Estou em busca dum novo protector solar para o rosto e esta parece-me a escolha perfeita no momento. Vamos ver é se se adapta ao meu rosto com pele mista a oleosa. Vocês já esperimentaram?

Olaplex n°3

Por último, o Olaplex n°3 que me foi aconselhado pela Andreia Calisto, do blog Glimmer le Blonde, que promete manter o cabelo saudável entre as visitas ao cabeleireiro. O meu cabelo tem sempre as pontas espigadas por muita máscara e protector de cabelo que coloque por isso pode ser que seja, ou não, a solução. Vamos esperar que sim.



Todos estes produtos, assim que os experimentar conto-vos tudo o que achei deles e não deixem de me seguir no instagram crislaborim pois vou colocando lá algumas reviews.





Este é com certeza o dilema de todas as mulheres que vão a um casamento. E quem pensa que a altura deles já acabou e agora só para o ano que se engane. As quintas estão cheias o ano todo e por isso temos também que nos preparar para aqueles casamento Outonais ou Invernosos (mas para esses posso fazer um post novo em Novembro). 
Aqui deixo três dos meus últimos looks que usei em casamentos. O primeiro foi mandado fazer à medida. Era madrinha desse casamento e a cor está muito próxima da minha favorita (o lilás) mas apesar de não ser mesmo a cor, acho o vestido super elegante e chique. 
O segundo vestido, do género plissado, é um dos tipos de vestidos perfeitos para quem tem que esconder algumas curvas. Na altura desse casamento estava com problemas nos intestinos e foi a melhor opção para disfarçar o que por baixo de passava. 
O último é se calhar o truque mais barato: comprar uma boa saia e ir alternando a parte superior. 


Agora espera-me um casamento em Outubro e claro estou com o dilema do costume: o que vestir?! Deixo aqui algumas sugestões do que fui encontrando. Mas se tiverem sugestões são bem-vindas <3










And I'm back! 

Estava ansiosa por ter tempo para voltar a escrever posts aqui no Cris Laborim. Vou começar pelos produtos empties que fui usando nestes meses de verão e que agora que acabaram posso dizer-vos exactamente o que achei deles. 





Sérum The Ordinary Hyaluronic Acid 2% + B5

Há muito o estigma de que o que é barato não é bom. Eu sou contra. Como em tudo, tanto há coisas boas como coisas más quer sejam caras ou baratas (poderia enumerar aqui imensas). A marca The Ordinary é a prova disso: com preços completamente acessíveis, conseguimos produtos bons com os componentes essenciais que procuramos. É o caso do sérum Hyaluronic Acid 2% + B5. Tem a percentagem perfeita para um produto com ácido hialurónico, absorve com facilidade, sem aroma e deixa a pele como promete: bem lisinha. Já vou no terceiro frasco e gosto sempre de o ir alternando com outros séruns de outras marcas que possuem outros componentes.


Sérum Lâncome Advance Génifique - Noite

Gostei muito deste sérum e aproveitei para o usar apenas à noite (de dia usava o da Collistar). O seu aroma não me atraiu mas rapidamente é absorvido e uma pessoa esquece-se que o colocou. Pena é o preço (pensamento da minha carteira claro! Ahah)


Sérum Collistar olhos e rosto - Dia

O pior momento do mês: quando já não dava para espremer mais nem um bocadinho…! São incríveis e aconselho mesmo a quem procura produtos de alta qualidade (ao nível de Skinceuticals ou Shiseido por exemplo) a preços ao nível de seruns da La Roche-Posay ou Vichy. E os resultados são maravilhosos. A minha pele ficou muito mais lisa e as rugas mais vincadas disfarçaram imenso. 





Glow Tonic da Pixi

Não o achei nada de transcendente. Quando o comprei ainda o usei durante umas semanas e como não sentia nada de especial deixei-o esquecido na gaveta. Entretanto um dos meus tónicos favoritos – o da Caudalíe da linha Vinopure – tinha acabado e enquanto não acabei o Glow Tonic decidi não comprar mais nenhum. Portanto, este é um não vou comprar mais. 


Água termal Bioderma

Não há palavras. É mesmo a melhor. Experimento volta e meia outras mas esta é a que me faz voltar. Leiam este post para ficarem a saber mais sobre ela


Creme dia Age Protect da Uriage

Andei a alterná-lo com o Aquabella da Nuxe, pois é um creme um bocadinho mais grosso que os apropriados para o meu tipo de pele. Felizmente a absorção do mesmo era muito rápida. Usei-o até ao fim e, verdade ou não, protegi a minha pele contra as agressões externas mas também das horas infinitas que passo em frente ao computador e ao telemóvel. Pois é meninas, os nossos aparelhinhos também nos causam rugas para além de todos os outros males associados… Dá que pensar não dá? 

Shampoo Kérastase Aura Botânica

Depois de ver muitas reviews e do meu cabeleireiro (quem confio de olhos fechados) me ter sugerido este shampoo para trocar o Volumetry da L'oreal Profissionalle, pois o meu cabelo estava a ficar habituado a ele, resolvi experimentar. Usei-o até ao fim, mas desde o primeiro dia que não gostei do resultado. Havia dias que dava para disfarçar a má lavagem pois parecia que não tinha usado Shampoo suficiente, mas outros que tinha que recorrer logo ao shampoo seco. E mesmo sabendo que muitas de vocês o têm como favorito, para mim é um big NO :( para não falar de que se trata dum shampoo caro…





Vamos lá colocar os pontos nos i's de uma vez por todas. Sejamos sinceras, nem todas temos mais de €100 para gastar num aparelho para limpar as impurezas da nossa pele. Sim, temos poluição que cada vez mais estraga a nossa pele e a nossa pele é oleosa e temos os pontos negros que não desaparecem… tudo questões pertinentes. Eu também as coloquei. Mas depois estudei e experimentei na Sephora os vários modelos disponíveis e cheguei à seguinte conclusão: sim, vale a pena comprar a Foreo, mas não é preciso comprar a Foreo Luna Mini ou a Foreo Luna 2 para vermos resultados. E é por isso que hoje vos escrevo este post.





Já desde 20125 que, depois da Vic Ceridono falar sobre a Foreo, que queria uma. Nessa altura as bloggers do mundo e daqui de Portugal falavam muito da escova Clarisonic (lembram-se?), mas rapidamente percebi que a Foreo seria menos agressiva para a pele, principalmente para a minha que é sensível. 
Depois a culpa foi da Jael (claro!). Em 2015 lançou um post onde falava da sua Foreo e da diferença que fazia na limpeza. Porém, estava a atravessar uma fase difícil a nível financeiro e não podia investir na Foreo. 
Chegados aqui, a finais de 2018 e 2019, tudo o que é blogger/influencer ou o que queiram chamar fala do quão fabuloso é ter uma Foreo. Nada contra, mas sem querer faz com que tenha um lado negativo na sua publicidade (na minha opinião). Por isso resolvi pesquisar mais um pouco, pois de repente são imensos os modelos disponíveis: Fore Mini, Foreo Play, Foreo Luna 2, Foreo… qual escolher então?

Na minha opinião, se têm dinheiro, escolham a Luna 2 pois tem como bónus um massajador anti-rugas. Podem até comprar a Mini 2, pois podem controlar a força da massagem. 
Mas e quem não tem muito dinheiro? Tenho-vos a dizer que a Luna Play Plus chega-vos perfeitamente! Ao contrário da Luna Play, que tem o tempo de vida contado (apenas 100 utilizações), tem 400 utilizações e quando acabarem, basta trocar a pilha AAA e voltar a utilizar a vossa Foreo. Com um tamanho superior a uma rodela de algodão, tem dois tipos de cerdas, uma para a zona T e uma mais fina para a restante zona da cara, tão gentil que se torna perfeita para a pele mais sensível (aviso: não façam força/carreguem durante as passagens, pois não é necessário e só estarão a agredir a pele). 
Os pontos de contato de silicone arredondados são suaves o suficiente para o uso diário (mesmo assim uso apenas dia sim, dia não), é feito de silicone para uma secagem rápida, não porosa, resistente ao acúmulo de bactérias, tornando-se até 35 vezes mais higiénico que as escovas de limpeza com cerdas padrão. Mas nunca esquecer de limpar com sabão e secar bem depois de cada utilização.
É completamente water-proof e o tamanho é perfeito para viajar. 



Veredicto: é um produto que pode fazer alguma diferença no vosso tratamento diário (não essencial, lembrem-se!), e podem apostar na Foreo Play Plus que estarão mais do que bem servidas.  
Sente-se a diferença desde o primeiro dia e por muito menos dinheiro. 

Espero ter tirado todas as vossas dúvidas, mas se tiverem mais algumas, digam pois estou disponível para responder a todas ;)



Este post não é patrocinado e a minha Foreo foi comprada por mim. Apenas achei que depois de tanto buzz seria bom esclarecer algumas dúvidas e compras impulsivas que vi acontecer.





Uma das tendências desta Primavera/Verão são as slouchy jeans (slouchy quer dizer que é uma peça de roupa destruturada e que não é justa ao formato do corpo). Mal as vi, adorei-as, mas pensei que seria impossível, eu, uma mulher com 1,60 m, com perna curta em relação ao meu corpo e não propriamente muito magra, não iria ficar bem de todo. 
Engano meu! Depois de as ver de forma incrícel na Maria Guedes (Stylista) e, principalmente, na Dri (DriConcept) que deve ter mais/menos o meu corpo, experimentei-as e com uns pequenos saltos (já sabem que não gosto de saltos muito altos) senti-me incrível. É visível nas fotografias. E até recebi elogios do Pedro sobre as calças novas. 






E vocês, acham interessantes as slouchy jeans? São hot or not?



Jeans ZARA | Camisa MANGO OUTLET | Óculos, Sapatos e Brincos BIMBA Y LOLA
Mala UTERQÜE | Cinto VINTAGE



CrisLaborim© 2012-2019