Vamos lá colocar os pontos nos i's de uma vez por todas. Sejamos sinceras, nem todas temos mais de €100 para gastar num aparelho para limpar as impurezas da nossa pele. Sim, temos poluição que cada vez mais estraga a nossa pele e a nossa pele é oleosa e temos os pontos negros que não desaparecem… tudo questões pertinentes. Eu também as coloquei. Mas depois estudei e experimentei na Sephora os vários modelos disponíveis e cheguei à seguinte conclusão: sim, vale a pena comprar a Foreo, mas não é preciso comprar a Foreo Luna Mini ou a Foreo Luna 2 para vermos resultados. E é por isso que hoje vos escrevo este post.





Já desde 20125 que, depois da Vic Ceridono falar sobre a Foreo, que queria uma. Nessa altura as bloggers do mundo e daqui de Portugal falavam muito da escova Clarisonic (lembram-se?), mas rapidamente percebi que a Foreo seria menos agressiva para a pele, principalmente para a minha que é sensível. 
Depois a culpa foi da Jael (claro!). Em 2015 lançou um post onde falava da sua Foreo e da diferença que fazia na limpeza. Porém, estava a atravessar uma fase difícil a nível financeiro e não podia investir na Foreo. 
Chegados aqui, a finais de 2018 e 2019, tudo o que é blogger/influencer ou o que queiram chamar fala do quão fabuloso é ter uma Foreo. Nada contra, mas sem querer faz com que tenha um lado negativo na sua publicidade (na minha opinião). Por isso resolvi pesquisar mais um pouco, pois de repente são imensos os modelos disponíveis: Fore Mini, Foreo Play, Foreo Luna 2, Foreo… qual escolher então?

Na minha opinião, se têm dinheiro, escolham a Luna 2 pois tem como bónus um massajador anti-rugas. Podem até comprar a Mini 2, pois podem controlar a força da massagem. 
Mas e quem não tem muito dinheiro? Tenho-vos a dizer que a Luna Play Plus chega-vos perfeitamente! Ao contrário da Luna Play, que tem o tempo de vida contado (apenas 100 utilizações), tem 400 utilizações e quando acabarem, basta trocar a pilha AAA e voltar a utilizar a vossa Foreo. Com um tamanho superior a uma rodela de algodão, tem dois tipos de cerdas, uma para a zona T e uma mais fina para a restante zona da cara, tão gentil que se torna perfeita para a pele mais sensível (aviso: não façam força/carreguem durante as passagens, pois não é necessário e só estarão a agredir a pele). 
Os pontos de contato de silicone arredondados são suaves o suficiente para o uso diário (mesmo assim uso apenas dia sim, dia não), é feito de silicone para uma secagem rápida, não porosa, resistente ao acúmulo de bactérias, tornando-se até 35 vezes mais higiénico que as escovas de limpeza com cerdas padrão. Mas nunca esquecer de limpar com sabão e secar bem depois de cada utilização.
É completamente water-proof e o tamanho é perfeito para viajar. 



Veredicto: é um produto que pode fazer alguma diferença no vosso tratamento diário (não essencial, lembrem-se!), e podem apostar na Foreo Play Plus que estarão mais do que bem servidas.  
Sente-se a diferença desde o primeiro dia e por muito menos dinheiro. 

Espero ter tirado todas as vossas dúvidas, mas se tiverem mais algumas, digam pois estou disponível para responder a todas ;)



Este post não é patrocinado e a minha Foreo foi comprada por mim. Apenas achei que depois de tanto buzz seria bom esclarecer algumas dúvidas e compras impulsivas que vi acontecer.




Uma das tendências desta Primavera/Verão são as slouchy jeans (slouchy quer dizer que é uma peça de roupa destruturada e que não é justa ao formato do corpo). Mal as vi, adorei-as, mas pensei que seria impossível, eu, uma mulher com 1,60 m, com perna curta em relação ao meu corpo e não propriamente muito magra, não iria ficar bem de todo. 
Engano meu! Depois de as ver de forma incrícel na Maria Guedes (Stylista) e, principalmente, na Dri (DriConcept) que deve ter mais/menos o meu corpo, experimentei-as e com uns pequenos saltos (já sabem que não gosto de saltos muito altos) senti-me incrível. É visível nas fotografias. E até recebi elogios do Pedro sobre as calças novas. 






E vocês, acham interessantes as slouchy jeans? São hot or not?



Jeans ZARA | Camisa MANGO OUTLET | Óculos, Sapatos e Brincos BIMBA Y LOLA
Mala UTERQÜE | Cinto VINTAGE





No post de hoje trago-vos algumas sugestões para estes feriados e fins-de-semana que aí se avizinham. Tenho feito programas tão bons que não posso deixar de partilhar com vocês, até porque grande parte das coisas que acabo por fazer são de buscas pelas redes sociais e eu adoro a partilha.






Finalmente fui experimentar o brunch do Nola Kitchen e vim de lá a querer mais! Já está marcado a ida com a bff num dia próximo.
Acabámos por escolher o Nola para o brunch desse domingo pois estávamos com uma pessoa que tinha algumas restrições alimentares. E se noutros restaurantes tivémos imensos problemas, relutâncias e até alguma rudez, no Nola Kitchen preparem-se pois são hiper cuidadosos com o que pedimos e o que nos trazem (outro espaço que também nos serviu muito bem foi o Kyoto que voltou a ter um atendimento top e o sushi voltou a estar maravilhoso mas isso fica para outro post).
Em vez de pedirmos o brunch já pré-definido, preferimos cada um escolher várias coisas do menu. Provámos as famosas panquecas, ovos mexidos, banana bread (devia ter vindo com um pouco mais de iogurte), sumo de beterraba, capuccino e, o meu favorito, o guacamole.



Outra sugestão para estes dias, se estiverem numa de Netflix and chill, não deixem de ver a série A Coisa Mais Linda! É tão mas tão bonita e bem feita. Desde bons actores, a realizadores, fotografia… a acabar no styling incrível das personagens. Tudo ao pormenor mesmo!!



Por fim, vão beber um copo ao Base ao final do dia. Ouvir aquele balanço de música brasileira boa sabe sempre bem ;)

Bom fim-de-semana prolongado!



E a nossa lua-de-mel está marcada finalmente! Foi uma escolha difícil, mas acabámos por decidir ir para um sítio onde pudéssemos desfrutar do dolce far niente e comer muito bem. Como amantes de pizza (já fizemos o roteiro de todas as pizzarias do Porto e Lisboa está quase…), e como já não temos férias fora do país há mais de seis anos (não nos queixamos mas sabemos que estamos a precisar), tinha que ser um destino que não nos sentíssemos sem dinheiro para aproveitar bem estes dias só nossos. 

Portanto, venho aqui pedir todas as dicas que possam ter de Capri, Nápoles (queremos comer a verdadeira pizza napolitana), Costa Amalfi e Roma! Já estive em todos estes sítios mas há mais de 10 anos (dos meus sítios favoritos do mundo e já viajei muito) e de certeza que existem coisas novas para ver e experienciar. Digam-me tudo! Ajudem-nos a ter a lua-de-mel de sonho. 


Hoje trago-vos a minha mais nova descoberta do mundo de beleza: o sérum e o creme de noite da Caudalie da linha Vinoperfect.  Um dos séruns merecedor de vários prémios e um dos favoritos de muitas miúdas por aí (diz-se que vende uma unidade a cada 30 segundos em todo o mundo), nomeadamente a Estée Lalonde, a Vic Ceridono, a Andreia Calisto, a Jael Correia… e o mais novo lançamento: o creme de noite Glicólico Antimanchas.




Esta nova estrela da gama Vinoperfect, com cerca de 95% de ingredientes de origem natural, actua durante a noite fazendo um peeling suave, tornando a tez mais uniforme, sedosa e luminosa sem agredi-la. Torna-se assim o peeling ideal para peles sensíveis (como a minha) eu diria!
Tanto podem aplicar uma camada fina, pois ele rende imenso, e à primeira impressão pode parecer um pouco gorduroso, mas depois de aplicado é absorvido com facilidade e se o vosso medo é trazer novas espinhas no dia seguinte, podem ficar descansadas. Também estava com esse receio, mas tenho-o usado diariamente à cerca de três semanas e estou a adorar os resultados.





E o porquê de usar esta linha? Como já vos disse diversas vezes, a minha pele é oleosa e sensível. Tive acne terrível na adolescência, mas são as borbulhas que me aparecem hoje em dia em épocas de maior stress que deixam a minha pele super marcada e cheia de manchas. É aqui que esta linha entra! 
A fazer esta rotina, tenho olhado dia-a-dia para cada mancha e posso dizer que não é imediato (ainda não há milagres amigas), mas que com o tempo comprovei que elas desaparecem.

Outra dos pontos que gostei do creme de noite, é facfto de por um preço acessível, temos um creme de qualidade topo e que vai com certeza render uns bons meses graças à sua textura.

Por isso sim, passaram a ser os meus mais novos favoritos de beleza. Não acreditam? Comprovem vocês mesmas. Podem encontrá-los à venda em farmácias, parafarmácias ou online.


Os produtos deste post foram gentilmente enviados pela Caudalie para teste. Independentemente disso, a minha opinião é imparcial e sincera.

HALL DE ENTRADA

16.4.19



Diz-se que a primeira impressão é tudo, por isso, não podemos descuidar do hall de entrada duma casa, ou podemos? Isso é discutível, mas, na verdade gosto que o meu hall esteja sempre apresentável e que seja ao mesmo tempo prático! Ou seja, que seja um espaço em termos de decoração bonito e que haja sítio para colocar a carteira à chegada, as chaves, os óculos de sol, as encomendas… enfim, hoje em dia então há uma infinidade de coisas que chegam cá a casa com tanta encomenda online, seja minha, seja dele e precisávamos de uma forma para colocá-las fora do alcance do Charlie (ele adora caixas… podemos dizer que é bastante curioso com o que está no interior).




Depois de muito o namorar, de o ver em tantas casa escandinávas, não resisti e fui comprá-lo ao IKEA. Ansiosa, montei-o sozinha e voilá! Eis o resultado. Acho que ficou bem scandinavian décor wanna be. 

O que vos parece? I love it <3



ON MY MIND #61

19.3.19



Agora que a azafama do casamento já passou, consegui finalmente voltar às minhas rotinas e, com elas, voltar a ter tempo para o blog. Tenho uns quantos posts que quero imenso partilhar com vocês, mas para o arranque (depois da bomba de ontem) trago-vos uma dos looks que mais quero apostar esta primavera: os suits! Estou a adorar ver fatos em mulheres <3 e quando vi este na Mango (que não tem esta cor, é bem mais abatido) decidi que este seria o ponto de partida. Quero-o muito e espero em breve já o ter no armário.
Outra das minhas obsessões do momento são camisolas com botões grandes! Já tenho uma da Uterqüe e outra dos fins dos saldos da Zara. Agora esta da H&M está a chamar por mim… 
Este look complementaria com 3 dos acessórios que mais tenho usado: os ténis da Nike M2K Techno,  que estão esgotadíssimos à excepção da Sportino (fica a dica), a mala da Bimba y Lola que a minha sogra me ofereceu no aniversário e os brincos, também da BL, que comprei para o casamento mas que uso diariamente pois são lindos!

Espero que gostem deste regresso e se não leram o post de ontem, aqui fica o link.




Hoje vou abrir o meu coração e falar-vos da forma mais sincera. Espero que gostem da nossa história e que, quem sabe, que vos inspire de alguma maneira. 




Sempre acreditei no casamento e, ainda quando não éramos casados, a nossa relação era de casamento. Se repararem no significado de casamento, o que o dicionário nos diz é que é um vínculo entre duas pessoas que institui deveres conjugais. Era o nosso caso. 
Porém, para efeitos legais é como se não estivéssemos. Sabiam que se algo de grave nos acontecer, essa pessoa não nos pode legalmente visitar na UCI? E que essa pessoa não pode fazer decisões médicas e sim o parente mais próximo? Com alguns casos de saúde à nossa volta a acontecer, não queríamos de todo passar por situações semelhantes.
Pois bem, por todas estas questões legais e pela nossa vontade de estarmos casados, queríamos dar o próximo passo já há alguns anos. Havia um problema: hoje em dia casamento significa uma festa de princesa onde se gastam em média 20.000€ (se não acreditam, foi notícia no ano passado). Eu e o P. somos pessoas humildes e ficámos a aguardar o momento certo para darmos o nó. Que é como quem diz, estarmos melhor financeiramente.
Passou um ano… dois anos… e o momento "certo" não chegava. Até que, depois de irmos a um casamento em Setembro com tudo do bom e do melhor, chegámos à conclusão de que não era de todo aquilo que queríamos pois não tinha a ver connosco. Porque é que não podíamos fazer uma festa à nossa medida? 
Foi então que surgiu a ideia (maluca para muitos): uma vez que os nossos aniversários são separados por cinco dias, juntamos as duas festas de aniversário e chamamos os que nos são mais chegados e anunciaríamos que nos tínhamos casado. Só havia um ponto muito importante para que tudo desse certo: não contar a ninguém pois já sabíamos que nos iam tentar dissuadir da nossa ideia. E não é que estávamos certos? Mas já aí vamos.





Começámos os dois a pôr o plano em marcha sensivelmente um mês antes da cerimónia. Queríamos um local para fazer um cocktail chique, onde todos pudessem ir bem vestidos, com um ambiente familiar para que toda a gente interagisse uns com os outros. 
Não foi fácil a procura, mas como já tenho prática profissional, encontrei o salão nobre do Hotel Flores Village & Spa aqui no Porto. Um espaço lindo, elegante e bastante solarengo. Era O espaço, sem dúvida. A juntar a isso o orçamento e ficou perfeito.
A lista de convidados, mesmo reduzida ao máximo, era de 80 convidados! Enviámos os convites para todos alegando ser o nosso aniversário e agora já não havia voltar a dar. Decidimos então contar aos mais chegados (pais, irmãos e melhores amigos) do que realmente se tratava. Apesar de muito contentes, inevitavelmente começaram a querer o melhor para nós. Queriam uma festa como toda a gente que se casa faz. Explicámos que não nos identificávamos com tal cerimónia, que seria dinheiro que não tínhamos e não queríamos que ninguém suportasse um custo que nem se quer era o nosso querer. Só para os outros verem? , não faz o nosso jeito de todo! Eventualmente acabaram por aceitar.




Os Looks


Em relação aos nossos outfits, o P. foi com o seu fato, camisa branca e sem gravata ou laço, uma vez que não tem nada a ver com ele e o pescoço dele é demasiado largo para que a camisa assente bem no corpo e aperte no pescoço. E sinceramente, foi trés chic na minha opinião! 
Já o meu outfit, sabia bem o que queria. Se a Olivia Palermo, que é uma das raparigas do mundo mais bem vestidas, foi no seu casamento de saia e camisola de cashemere, porque é que eu também não podia ir? Modéstia à parte, estava realmente bastante elegante. Porém foi uma procura um pouco difícil. Uma vez que organizámos tudo entre Janeiro e Fevereiro, não haviam saias brancas à venda em lado nenhum! O meu anjo da guarda aqui foi a Tânia que me sugeriu ver as sample sales de designers portugueses. Foi então que encontrei A saia! Uma saia da colecção de 2016 de Diogo Miranda. Tamanho único que me assentou como uma luva. E se um dia num desfile do Diogo disse para a minha amiga Cláudia "no dia que me casar, vou-me casar com um vestido criado pelo Diogo Miranda", confesso que naquele momento não queria acreditar que ia concretizar tal desejo… 
Em termos de acessórios, utilizei uns sapatos lindos, nude, da Uterqüe e para brincos os escolhidos foram estes da Bimba y Lola, pois foram amor à primeira vista. 


As Alianças


Tenho muitas amigas no meio da Joalharia de Autor, porém há uma pessoa que me é muito querida e que me apoiou desde o início: falo-vos da Lia Gonçalves. 
Falámos com ela para nos criar as alianças, demos-lhe as nossas ideias de como as queríamos mas deixámo-la criar à vontade. E ainda bem que o fizemos. Temos duas alianças únicas com um significado enorme. Basicamente as nossas medidas são capicua. O meu é 12 e o do P. é 21. Como nos complementamos, ela criou como que duma só peça, saissem as nossas duas alianças. 




Make up e Cabelo


O cabelo foi cuidado e estilizado pelo meu querido João Pereira. O cabeleireiro mais minucioso que eu conheço. É mesmo cuidadoso e carinhoso. Podem encontrá-lo no Hair Studio, na Foz. Mas também o podem contratar para o vosso casamento em qualquer parte do país. Aconselho mesmo que ele é muito bom.
Já a maquilhagem foi a decisão mais difícil de todas. São várias as maquilhadoras que conheço, que admiro muito, e acabou por ser a Maria Luís a cuidar de mim. Pedi-lhe uma maquilhagem fresca e luminosa e ela conseguiu cumprir na perfeição <3 Mas são várias as minhas make up artists que eu amo e que queria ser suas cobaias: a Tinoca (A best das bests), a Bé Miranda e a Xana Lopes.
Deixo-vos no fim deste post todas os contactos caso queiram contactá-las. Elas fazem desde maquilhagens para dias de festa (aniversário, casamentos que tenham, etc.) ou para casamentos. E, tal como o João, estão disponíveis para qualquer parte do país.

O dia tinha chegado


Chegámos os dois primeiro que todos os convidados, pois queríamos ter a certeza de que tudo estava perfeito. Foi a primeira vez que me senti realmente nervosa neste processo todo. As minhas mãos tremiam imenso cada vez que tentava tirar uma fotografia. 
Os convidados foram chegando e a festa foi sendo feita. O ambiente era de amor e estava toda gente muito feliz. Adorei que as duas famílias, que nunca tinham estado juntas, tenham dado o primeiro passo e se deram tão bem. 
Uma vez que também se tratava do nosso aniversário, não podíamos deixar de cantar os Parabéns e no final o P. fez um discurso pelos dois (se fosse eu, chorava logo no primeiro minuto), onde explicou o porquê de termos feito a festa assim e agradeceu a todos os presentes.
O auge foi sem dúvida o momento em que louvámos o facto de termos as quatro avós vivas sendo que as minhas que são as mais velhas uma tem 94 a caminho dos 95 e outra 91 a caminho dos 92. São um orgulho para nós estas avós e foi sem dúvida muito importante podermos fazer a festa com elas presentes (ou não seriam elas as que mais queriam que nos casássemos).



Para que não hajam dúvidas, da esquerda para a direita: a Avó Tininha (avó materna do P.), 
a Avó Lucília (a minha avó materna de 94 anos), a Avó Fernanda (a minha avó paterna de 91 anos) 
e a avó Fernanda (a avó paterna do P.).


Uma vez que era dia de derby F.C. Porto-S. L. Benfica e ser Carnaval na cidade de Ovar, de onde a minha família é oriunda, os festejos com grande parte dos convidados acabaram por volta das 20:00. E acabámos por continuar os festejos com os amigos, desta vez mais informais.

Foi exactamente o que imaginámos e queríamos e não podíamos estar mais felizes com a nossa solução comedida em relação a outros modelos de casamento. Espero sinceramente que o nosso exemplo faça algumas pessoas perceberem que não precisam de um casamento de princesas para serem felizes. Façam os vossos momentos da forma que entendem, desprovidos de opiniões da sociedade, e à vossa medida.
Foi sem dúvida um dia marcante cheio de grandes emoções <3 Muito obrigada a todos os que estiveram presentes e a todos os que nos felicitaram.


Contactos






Já tinha estado a namorar os iluminadores da Becca, lido imensas reviews sobre ele e até a Tinoca já me tinha sugerido como próxima compra e que não me ia arrepender. Mesmo assim, quando a minha bff me ofereceu no Natal não queria acreditar o quão bom era!

Trata-se de um iluminador que transmite toda a radiância (palavra inventada por Vic Ceridono hihih) da nossa pele. É composto por uma fórmula altamente pigmentada e dá cor com um brilho maravilhoso. É perfeito para realçar traços e pontos de luz e graças ao seu acabamento suavemente matificado, dá-nos um brilho refinado.




Confesso que sou daquelas pessoas que não gosta de gastar dinheiro em produtos que não valem de todo aquele dinheiro e que consigo encontrar outro produto que faz o mesmo efeito por muito menos dinheiro.
Não é o caso dos iluminadores da Becca. Valem cada cêntimo! E para além disso, duram imenso tempo. Não acreditam? Façam como eu, e experimentem a versão mini que está à venda na Sephora e depois digam-me se estou certa ou não.

Por isso, se procuram investir num produto bom e não se querem sentirem que estão a ser enganadas, o iluminador da Becca é o que procuram.



ON MY MIND #60

22.1.19






Apesar dos saldos já terem começado há coisa de um mês, ainda está em boa altura de encontrar aquelas calças que nos fazem falta, repor as t-shirts brancas que já estão gastas e também para aproveitar e comprar aqueles ténis que agora estão com 60%. 
É nesta altura que aproveito para fazer esse tipo de compras e algumas delas já a pensar na próxima estação. É o caso destas calças beges da Zara e das straight jeans da Bimba y Lola que já cá cantam. Ambos óptimas compras, uma vez que estavam com cerca de 70%.
Outros saldos que valem muito a pena nesta altura, são calçado e malas. Na Eureka estão muitos modelos bem cool com preços muito bons (e ainda há modelos pequeninos). Já na categoria de malas, a Maria Maleta está com alguns dos seus modelos com descontos muito significativos. Será desta vez que vou comprar finalmente a mochila?! 
É também um óptimo mês para comprar livros que não nos ofereceram no Natal, uma vez que é uma das coisas que quero voltar a fazer: ler antes de dormir. O livro de Dolly Adderton, "Everything I know about" já está a caminho de casa e pelo o que tenho lido de reviews promete prender-me na leitura.
E por falar em Natal, recebi o iluminador da Becca e posso dizer que é tudo o que queremos num iluminador! E há uma cor que está a 25€. É de aproveitar girls. Mas amanhã falo mais profundamente sobre o iluminador.
Para além disso, daqueles que eu chamo de "essenciais", aproveito sempre esta altura para procurar e comprar aquelas peças mais tendência que mais tarde irão deixar de aparecer mas que normalmente são as que mais uso para dar aquele twist ao look.