O look de hoje é bem simples e tem sido o meu uniforme favorito dos últimos tempos: t-shirts com mensagens e calças de cinta subida e largas em baixo. Assim sei que me sinto confortável para qualquer situação, quer seja uma reunião, quer seja um encontro com amigas. 



Uma coisa que não dispenso são as t-shirts Rust and May são de óptima qualidade. Levo-as à máquina industrial (viradas do avesso) e continuam perfeitas, sem desbotar a cor do bordado, nem encolhem. A oferta é super variada e até podem personalizar a t-shirt se assim o pretenderem. 

Outra que ando obcecada e que confesso, que primeiro estranhei e agora está completamente entranhado, são os dad shoes! Os ténis da Estação vieram para ficar e já não as podemos encontrar só na high fashion. Quer modelos da Fila e Adidas, quer nas Zaras desta vida, é só escolher.


 Anel Ella MEL JEWEL Ténis ZARA | Mala BIMBA Y LOLA (colecção passada)



Festival season is on!
O arranque dos festivais de Verão começa já esta quinta-feira com o NOS Primavera Sound no Porto e a partir daí haverão festivais para todos os gostos em todo o País. 
Eu vou estar pelo Primavera e este vai ser o meu mood: looks descontraídos cheios de cor mas com um agasalho para o frio que de noite se sente.

E vocês, vamo-nos encontrar por lá? Quais os festivais que não vão faltar?

Em cima:






ON MY MIND #54

29.5.18



Esta bucket da Uterqüe é tão linda! Desde que a vi com a Anita Costa que não paro de pensar nela. Estou a tentar convencer-me se a devo comprar ou não. O formato é muito parecido com as malas da STAUD (que são lindas lindas e ainda mais elegantes, mas muito mais caras), mas com contas como agora está bem na moda. A minha dúvida é mesmo se não é uma mala só da Estação ou se vai-me dar para usar por muitos mais anos (sim, que eu gosto é de malas originais mas intemporais).
Resolvi então criar um look à volta da mala, para vos mostrar o que vestir esta Estação mas também, para me convencer se tenho mesmo que comprar a mala da Uterqüe.

O que acham, compro ou não compro?


FILA VENOM

28.5.18



Sexta-feira foi o lançamento de um dos modelos com mais hype da Fila: os VENOM. O seu relançamento ficou marcado com uma série de launch parties um pouco por todo o lado. Em Lisboa na Latte e no Porto na BAE, o modelo de 1994 foi a estrela.
Conhecidos como os dad sneakers, este modelo de corrida de silhueta chunky apresenta gáspeas em pele e rede, assentes numa sola de borracha flexível que proporciona conforto e suporte optimizado ao andar. 
Para além do modelo Venom, a marca lançou ainda uma colecção cápsula de vestuário, partindo da paleta de cores deste modelo clássico.




Se gostaram deste modelo, apressem-se a comprá-lo pois está a esgotar num ápice! Eu já não consegui o meu número na festa de lançamento #pédeCinderela . 


Modelo VENOM Fila
Disponível em Latte | BAE | Xtreme | SneakersDelight


Obrigada BAE por este convite!








Este sábado e domingo, na Fiartil – Feira de Artesanato do Estoril, decorre os summer market que nenhuma de nós quer perder. Falo-vos, claro, do Summer Market Stylista.

Fiz uma pequena selecção das peças que mais gosto das marcas que sei que lá estarão (confesso que ainda não consegui encontrar a lista completa do SMS, nem a planta), mas sei que existem muitas mais marcas interessantes que marcaram a presença. 

Para procurarem as t-shirts mais cool do momento vão até à Rust and May ou à Le Mot pois são top top top! Mas para as t-shirt básicas com os melhores cortes, as melhores são sem dúvida as da Once a Day. Em termos de biquinis, a coleção da Latitid está irresistível e claro para complementar a indumentária de praia, nada como aproveitar para comprar uma Futah XL para cabermos os dois (pois o Pedro prefere sempre não levar toalha… já estão a ver para quem sobra…!). 
Outra marca que vale a pena são os óculos Mr. Boho. Gostei muito do modelo Copacabana e tenho que os experimentar para ver se me ficam bem. Já que estamos a falar de acessórios, não podem deixar de ir à banca da Cinco, a marca de joalharia mais cool do Mundo (tem estado mesmo a dar que falar lá fora). Quero completar o meu colar Florence com o Eleonora. Acho que fica perfeito. 
Como tenho dois casamentos este ano, também estive a dar uma vista de olhos nos sapatos da Mint & Rose. Os modelos Arlena Adriatico e Deia Natural são perfeitos para dançar horas a fio.
Por último deixei a marca que deu um salto enorme na minha opinião: a Sienna! A colecção este ano está ma-ra-vi-lho-sa! É difícil escolher uma só peça. Para já tenho estas duas peças debaixo de olho, mas os vestidos não ficam nada atrás. 

Aproveitem, pois como podem ver, vai valer a pena!

Summer Market Stylista
Fiartil – Feira de Artesanato do Estoril 
Av. Amaral, 27765-192 Estoril
das 10:00 às 20:00










Está aberta a época de Happy Hour no espaço Delta Q + Manteigaria do Porto. Todas as quintas, a partir das 18h até às 20h existe um menu happy hour que vai deliciar qualquer um dos clientes. Desde cafés expressos, a capuccinos, passando por cocktails de café e, claro, as melhores natas sem sombra de dúvida! Cá em casa somos os maiores fãs.










Mas mesmo que não seja quinta, vale mesmo a pena passar por este espaço, é moderno, solarengo e, claro, sempre um bom pretexto para tomar em expresso perfeito e o melhor pastel de nata.


Delta Q Manteigaria
Rua de Alexandre Braga, 24
4000-049 Porto
(junto ao Mercado do Bolhão)
Aberto das 8:00 às 21:00


ON MY MIND #53

18.5.18




Cada vez mais são os dias de muito calor e dou por mim a ver que "não tenho nada para vestir". Quem nunca? Ou melhor, ter tenho mas é pouca coisa e acabo por usar sempre o mesmo look. Estive então a ver nas lojas o que as novas colecções nos esperam e apesar de haver muita muita cor, hoje o look que está na minha cabeça é muito black/white a pensar num dia de trabalho. São tudo peças que estão na minha wishlist deste mês e espero que algumas, mais cedo ou mais tarde estejam cá por casa… 



A joalharia portuguesa de há uns anos para cá tem andado na berra, com novas marcas, novos designers e peças originalíssimas. 
Uma das marcas que é um exemplo disso é a Mel Jewel. Pelas mãos de Luísa Pedroso e Marta Cabido Sá, a Mel Jewel tem lançado várias colecções aparentemente distintas mas sempre com o seu cunho, conseguindo assim agradar todos os gostos, na minha opinião.

Foi então, que há umas semanas, fui até à loja Daily Day – um dos novos pontos de venda da marca –para a apresentação de novas peças que se juntaram à Ella Collection.
Uma evolução orgânica das jóias que a completam, com formas fluídas, desconstruindo os desenhos iniciais, transformando-se em peças statement sem sombra de dúvida. Basta olhar para a evolução na foto a cima. 




Para esta colecção, a dupla da Mel Jewel, escolheu a Maria Galvão de Sousa como protagonista para o vídeo promocional do relançamento da colecção e não poderia ter sido melhor a escolha. A Maria é uma blogger completamente reinventada no sentido da palavra. Comprovem-no vocês mesmos aqui.

As minhas peças favoritas são sem dúvida: o anel duplo, os big earings e a earcuff (que já se encontra esgotada!). Cliquem nas imagens em baixo para poderem ver as peças de outros ângulos.




Uma vez que a minha pele tem tendência a ser oleosa, há muito tempo que utilizo sempre as mesmas bases pois tenho a certeza que são as escolhas certas! Já experimentei bastantes bases, CC Creams, BB Creams you name it! Mas acontece sempre a mesma: a pele passado umas horas está toda brilhante… deixando-me sempre insegura com o meu aspecto.



A minha day-to-day escolha é o BB Cream da Erborian. Já falei vezes e vezes sem conta aqui no blog sobre ele e nas minhas stories (dou imensas dicas por lá. Sigam-me @crislaborim). Baseado na cultura Sul Coreana, este BB Cream uniformiza o nosso tom, camufla as imperfeições, pois tem uma cobertura média, deixando a pele aveludada e contém SPF 20. Consegue aguentar cerca de oito horas  e a melhor forma de ser aplicado é com os dedos. Mais simples não há. Para além disso, sei que com este BB Cream não vou correr o risco de a minha rosácea aparecer, pois também apazigua a sensibilidade da pele.
É muito muito bom! Recomendo sempre (e não, não sou paga para isso. É porque realmente gosto deste produto). Podem encontrá-lo na Sephora (tem a versão mini para experimentarem no espaço Beauty Go), na Douglas e na Sweetcare. 



Aii a Studio Fix da MAC <3 o meu mais antigo caso de amor. Desde que comecei a usar maquilhagem durante a minha adolescência que tenho sempre bases da MAC. Inicialmente as compactas, pois tinha um caso grave de oleosidade, mas a puberdade passou e passei a usar a sua fórmula líquida. É uma base radiante, que nos oferece um healthy-look, é oil-free, controlando a luminosidade e tem SPF 15.  É de cobertura alta/média, por isso hoje em dia escolho-a sempre que tenho um evento, uma reunião ou vou a uma festa. Aguenta facilmente 12 horas sem partir , deixa a pele respirar e não fica com brilho. Aplico-a com pincel ou com a Beauty Blender (que fica 5 estrelas!). É uma boa opção para uma base boa sem passar dos €30. Podem encontrá-la nas lojas MAC, os corners no El Corte Inglés ou na Look Fantastic.



Por último e não menos interessante, a Velvet Matte da NARS. Com SPF 30, uma cobertura média/alta e uma textura baça, esta base não é de todo uma base simples para se gostar à primeira. Com um cheiro cítrico (que me agradou bastante), a melhor forma que encontrei para a aplicar foi realmente com os dedos. Trabalhá-la com a Beauty Blender ou com um pincel torna-a muito maçuda e nota-se bastante que estamos com base. Porém, não aconselho de todo a uma pele pouco hidratada, pois vai partir, por isso não diria que é uma base para todos os dias. Aguenta o dia todo impecável, atrevendo-me a dizer que foi a base que mais tempo aguentou na minha pele. Foi a minha compra mais recente e senti-me uma criança por ter comprado o meu primeiro produto NARS <3 Não é barata, custa 39,45€, mas podem aproveitar dias de descontos pois compensa. Podem encontrá-la na Sephora ou na Look Fantastic.


Estas são as minhas escolhas de bases. Porém tenho três bases que quero muito experimentar: a Ultra HD da Make Up For Ever, a Even Better da Clinique e a Forever da DiorSkin. A primeira recomendada por três maquilhadoras de renome. Disseram-me para nem pensar duas vezes. Quer para dia-a-dia quer para ser trabalhada para eventos que seria A base! E as outras duas aconselhadas vezes sem conta pela Vic Ceridono como sendo as favoritas de pessoas com pele com tendência a oleosa. Assim que as experimentar partilho convosco a minha review.

Super dica: lembrem-se que mesmo quando usam BB e CC Creams, não deixem de cuidar da vossa pele antes. Podem escolher a melhor base do mundo, que se a pele não estiver cuidada e tratada não vai fazer milagres. Tenho investido cada vez mais em produtos para cuidar da pele e faz toda a diferença quando coloco a maquilhagem.



É tempo de transição. As tardes podem estar quentes e por vezes até abafadas mas as noites e as manhãs ainda são frias. Por isso não dá para mudar drasticamente o guarda-roupa. Estamos naquela altura que não sabemos muito bem o que vestir. 
Eu tenho escolhido um caminho seguro: calças plissadas ou culottes, ténis ou mocassins, t-shirts ou tops de meia manga e para o frio um blusão de cabedal ou um blazer. Não há muito que enganar. Mas pelo menos já dá para nos voltarmos a reinventar com o início da estação. E eu estou a adorar!